Ecoturismo na Guiana, conheça as opções: De cataratas espetaculares a trilhas suspensas em meio à Amazônia

17 de novembro de 2021
Melissa Machado
Vamos conhecer as opções de Ecoturismo na Guiana? Quando se pensa na floresta Amazônica o primeiro país que nos vem à mente é o Brasil…

O país de 214 970 km², terceiro menor da América do Sul, é riquíssimo em biodiversidade e um exemplo na promoção do turismo sustentável

Ecoturismo na Guiana, vamos conhecer as opções de passeio? Quando se pensa na floresta Amazônica o primeiro país que nos vem à mente é o Brasil. Porém a floresta com maior diversidade de espécies do mundo, se espalha por mais sete países da América do Sul, e a Guiana é um deles.

O território ao norte de Roraima e do Pará foi colonizado por ingleses no século XVII e tem como capital a Georgetown, cidade que reúne caraterísticas típicas da arquitetura do Reino Unido além disso, é único país da América do Sul que tem como língua oficial o inglês. Apesar da colonização britânica, a região também possui grande influência das culturas africanas e indianas, além da cultura dos povos indígenas da região.

Ganhador do prêmio Internationale Tourismus-Börse (ITB) como o Melhor Destino de Ecoturismo de 2019, o país é, sem dúvidas, uma opção para todos aqueles que desejam praticar um turismo de menor impacto ambiental e que tem como prioridade a preservação dos ecossistemas. Conheça a seguir algumas das melhores atrações do Ecoturismo na Guiana.

Ecoturismo na Guiana - Cataratas Kaieteur
Cataratas Kaieteur- foto: divulgação

Cataratas Kaieteur

A atração mais visitada do país são as Cataratas Kaieteur. Localizada na região central da Guiana, no parque nacional do Kaieteur, as cataratas atingem mais 220 metros de altura e garantem vistas espetaculares. O acesso à região é feito geralmente através de voos, que ocorrem regularmente a partir da capital, Georgetown.

Para os mais aventureiros, outra forma de chegar as cataratas é através de trilhas de duração de 4 a 7 dias com diversos meios de transporte pelo percurso e que incluem a experiência de conhecer e acampar em regiões inexploradas da floresta Amazônica.

O nome das cataratas é uma homenagem que tem origem em uma lenda indígena. Kaie, um líder da tribo Patamona, para defender sua aldeia de invasores, sacrificou-se nas quedas d’agua que hoje formam as Cataratas Kaieteur. O parque que abriga as cataratas e recebeu o mesmo nome, foi uma das primeiras áreas de conservação do país e apresenta uma enorme biodiversidade.

Ecoturismo na Guiana - Shell Beach
Shell Beach – foto: Marco Farouk Basir

Shell Beach

A praia de Shell Beach está localizada no nordeste do país. A região que só pode ser acessada por meio de barcos, é o berço de diversas espécies, principalmente de tartarugas marinhas.

A costa é uma área de conservação, em que os turistas podem assistir a eclosão dos ovos de tartarugas e o caminho dos filhotes até o mar. Mais ainda, é um território com rica presença de pássaros típicos onde é possível observar e conhecer ainda mais a fauna local.

Na região é possível se hospedar em aldeias indígenas próximas e conhecer mais da cultura dos povos nativos. Com o turismo de base comunitária, as aldeias promovem hospedagens sustentáveis e administradas localmente que permitem ao turista uma experiência legítima e ecológica.

Ecoturismo na Guiana - Iwokrama Canopy
Iwokrama Canopy Walkway- foto: Avi Alpert

Iwokrama

A reserva de Iwokrama é uma das áreas mais bem preservadas da vegetação nativa do país. Ali está o Centro Internacional Iwokrama, uma organização que administra as principais atividades da reserva, que incluem: o ecoturismo, a colheita seletiva de madeira, treinamento em manejo florestal e serviços florestais. A reserva, que tem como patrono o príncipe Charles de Wales, é um importante exemplo de conservação e utilização sustentável do meio ambiente.

Um dos atrativos da reserva são os ecolodges, hospedagens ecológicas que propõe diversas atividades na região, como passeios de barcos, trilhas pela floresta e visitas a petróglifos, que datam mais de 6000 anos.

Em Iwokrama também está o Canopy Walkway, uma série de pontes suspensas no meio da floresta. As trilhas suspensas, que chegam a 30 metros de altura, promovem uma experiência única, de total imersão na natureza. De lá é possível observar de perto a fauna e flora riquíssima da região.

VEJA também NO LPM!

Especial lugares pelo mundo

Especial Viagem de Motorhome

O Conteúdo Especial para esse mês é um apanhado de matérias relativas às repletas comemorações nacionais importantes que ocorrem durante todo o mês de Maio. Como o Dia das Mãs, Dia da Mulher, Separamos algumas matérias que podem te inspirar sobre os assuntos!

Não perca nenhuma noVidade

pt Português
X