Amigos Lugares Pelo Mundo
Amigos Lugares Pelo Mundo

Vale do Ribeira: natureza que encanta

07 de novembro de 2018
Eu VivoSão Paulo

Se você ama natureza e está procurando um lugar diferente para visitar, seja para relaxar ou se aventurar, minha dica é o município de Cananeia/SP e os Parques Estaduais em seus arredores como a Ilha do Cardoso, a Caverna do Diabo e o PETAR – Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira. Todos eles estão concentrados no Vale do Ribeira, no extremo Sul do Estado de São Paulo e divisa com o Estado do Paraná.

São muitas as características que me agradam: a riquíssima biodiversidade, abrigando a maior porção preservada de Mata Atlântica no país com mais de 500 mil hectares e animais encantadores como o boto cinza (que lembra muito os golfinhos) e os guarás; as muitas construções históricas conservadas; as boas condições das estradas e o fácil acesso; a variedade de atrativos turísticos como cachoeiras, ilhas, cavernas, praia, parques, praças e prédios históricos; o baixo custo dos produtos e serviços turísticos; e o fato de não ser um destino de turismo de massa, ou seja, não há aglomeração de turistas.

Cananeia

A cidade de Cananeia é uma ilha que faz divisa com o Estado do Paraná, cercada por florestas virgens de Mata Atlântica que abrigam aves, mamíferos e diversos outros animais endêmicos. Abriga o Ecossistema Lagamar, uma das Reservas da Biosfera mais importantes do mundo segundo a UNESCO, com paisagens belíssimas e em perfeito equilíbrio.

Tombada pela UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade, chegou a ser apontada por uma revista americana como o melhor roteiro ecológico do mundo, possui a melhor ostra do mundo e oferece uma ótima gastronomia. Seu centro histórico ainda é preservado, onde podemos observar casarios construídos com alvenaria de berbigão (de gordura de baleia com conchas) e até mesmo os argolões de bronze onde os portugueses amarravam suas caravelas.

Cananeia tem muitas histórias! É reconhecida como “cidade monumento” e reivindica o título de “primeiro povoado do Brasil” graças a alguns registros históricos que comprovam a chegada do Bacharel Cosme Fernandes em 1502 e de um mapa de 1503 fazendo referência a Cananeia (arquivado no Vaticano, em Roma).  Há suposições também da existência de um ramal do Caminho do Peabiru, utilizada pelos povos pré-colombianos e que teria seu início em Cananeia e o término em Cuzco (Peru). Também está envolvida em algumas polêmicas sobre o Tratado de Tordesilhas.

Ilha do Cardoso

Pertencente à cidade de Cananeia, possui mais de 13 mil hectares de área de preservação e desde 1962 é classificada como Parque Estadual Ilha do Cardoso. Seu território é banhado pelo Oceano Atlântico e cercado pelos canais de água salobra do Ecossistema Lagamar, e coberto por uma densa vegetação típica da Mata Atlântica, além abrigar cachoeiras, restingas, sambaquis e manguezais.

Minha viagem começou por pequenos e rasos canais alagados, e passando por trechos maiores de grande extensão cercados de muita água e vegetação. Lembra um pouco a Amazônia. No caminho, vários vilarejos habitados por comunidades ribeirinhas, e locais praticamente inabitados com praias desertas e intocadas. Os locais mais marcantes foram as vilas de Ariri, Mandira e a cidade fantasma de Ararapira.

Lugar perfeito para relaxar, apreciar as incríveis paisagens e animais silvestres, e se conectar com a energia que emana da natureza.

Caverna do Diabo

Também transformado em Parque Estadual, faz parte do Mosaico de Jacupiranga – um conjunto de Unidades de Conservação. A grande atração é a caverna que dá nome ao parque, a Caverna do Diabo. Ela é uma das mais de 350 cavernas existentes na região, fica na cidade de Eldorado e próximo ao PETAR.

Faltam adjetivos para descrever tamanho espetáculo da natureza. Suas formações imponentes e magníficas nos deixam de boca aberta e arrancam suspiros, tanto de admiração quanto pela longa caminhada pelas suas centenas de degraus de escadas que foram construídas para facilitar o acesso e permitir a visitação com mais segurança.

A região fica há 320km da cidade de São Paulo, com acesso pela Rodovia Régis Bittencourt. Sem dúvidas este é um lugar que todos deveriam visitar pelo menos uma vez na vida!

 

 

 

Leia Também
Comente com o Facebook
Deixe seu Comentário