Mariana Teixeira
Mariana Teixeira

Sorte, Força de Vontade ou Coragem ?

10 de julho de 2019
Eu Compartilho

Como você viajou tantos países? Você é rica? Você teve sorte?

Me pergunto, porque mesmo com todas as informações e fácil acesso hoje em dia as pessoas ainda continuam agindo como se elas fossem vítimas da sociedade?

Achando que a grama do vizinho e dos amigos sempre é mais verde?

Baseado em fatos verídicos do facebook a sorte alheia sempre traz melhores oportunidades/resultados na vida, não é mesmo?

BOM …

Com esses 11 anos de vivência no exterior, longe dos entes queridos e amigos, pude ir plantando minhas sementes e colhendo os meus frutos. Hoje entendo melhor como a força de vontade, junto com a coragem e uma pitada de sorte, me fizeram ter experiências únicas e indescritíveis que não trocaria por nada nesse mundo.

Sorte, Forca de vontade ou coragem?

Contando um pouquinho sobre minha trajetória

Em 2008 resolvi sair da minha zona de conforto no Brasil e me mudei para Dublin, na Irlanda. Entre idas e vindas, foram 6 anos de Irlanda e Europa.

Meu foco sempre foi trabalhar, juntar dinheiro e viajar.

Trabalhando das 6 da manha as 6 da tarde. Saindo do trabalho e indo direto para a escola, que começava exatamente as 6 da tarde. Ia até as 11 da noite. Voltava para casa naquele frio de Dublin faminta e a pé.

Viajava toda vez que tinha off no trabalho. Era au pair na época, ganhando exatamente 92 euros por semana, isso quando eu não fazia horas extras, passando roupa ou limpando a casa para tirar uma graninha extra para as viagens.

Sim, isso não se chama esforço não, e sim sorte. Oh menina sortuda!

Sim podemos chamar de sorte, pois me proporcionou conhecer a Europa inteira nesses anos de sufoco.

Em 2011 fui para minha segunda etapa morando fora do Brasil, meu país de origem.

Passei dois anos trabalhando em um navio, de uma companhia norte americana chamada “Princess Cruises” que faz parte de uma das maiores frotas do mundo chamada “Carnival Corporation”.

15 horas diárias trabalhadas, sem dias inteiros de folga apenas algumas horas para descanso, banho e alimentação.

Foi assim que consegui conhecer parte das Americas: Norte e Central e Sul.

-Eitcha força de vontade hein menina?

-Sim uai, meu sonho é conhecer o mundo.

Em 2018, cansada de tudo e de todos, sem muitas perspectivas e com uma pulga atras da orelha, pensava diariamente na outra parte do mundo que me intrigava. Distante de tudo e de todos que já havia explorado.

Nunca havia visitado esse outro lado do nosso planeta azul.

Com dois anos falando sobre o assunto e ensaiando ir ou não ir, levei um empurrão. Fui demitida de um trabalho que dava minha vida por quase 4 anos, foi então que decidi que era agora ou nunca.

Havia aberto uma poupança para a viagem, não muito antes de ser demitida onde estava trabalhando, em torno de 60 horas por semana para juntar dinheiro

Mantive meu foco, arrumei a minha mala deixei tudo para trás e parti para essa nova aventura ao desconhecido, chamado Asia.

Vem ai a parte da coragem.

Deixar um país que lhe proporciona uma qualidade de vida impecável, amigos e uma familia que construi na europa com esses 6 anos.

La fui eu sozinha, para um novo continente, com uma pequena mala nas costas, sorriso no rosto e uma conta bancaria murcha. Entretanto, com uma disposição enorme.

Hoje em 2019, morando em Sydney na Austrália, voltando a ser estudante para obter meu visto, porém nunca desistindo dos meus sonhos e objetivos.

Conheço uma boa parte do nosso planeta. Tenho certeza de que se juntar todos os meus amigos, começando hoje, não conseguiriam conhecer todos os lugares que já estive.

Fica ai novamente a pergunta: sorte, força de vontade ou coragem?

Namastê.


Leia Também
Comente com o Facebook
Deixe seu Comentário
  1. Vanessa Da Silva   •   12/07/19   •   05h52

    Continue correndo atrás dos seus sonhos, sejam eles quais forem 👏👏👏👏

  2. Elza   •   13/07/19   •   22h15

    Mari!!! Eu acho que coragem e determinação são as palavras que te definem. Você é sem dúvidas uma pessoa maravilhosa transparente, sincera e leal. Soma todas essas qualidades e vc descobre porque chegou onde chegou mesmo não tendo muitos recursos financeiros. Vc é f@#$!!!! Parabéns menina!