Amigos Lugares Pelo Mundo
Amigos Lugares Pelo Mundo

Polônia: Uma nova potência europeia que você provavelmente não ouviu falar

14 de julho de 2018
Eu CompartilhoLugares Pela Europa

Por Rafael Alves

 

Você sabia que a Polônia foi o único país que seguiu crescendo na Europa durante as recentes crises? Você sabia que a Polônia é parte da União Europeia? Que é um dos países que mais lucrará com o Brexit?

Enfim, acredito que existam muitas coisas que você, leitor, não saiba sobre a Polônia. Bem como eu também não sabia quando vim pela primeira vez.

Em 2014 eu estava em um intercâmbio na Itália, pela AIESEC. E resolvi fazer meu segundo intercâmbio na Polônia. Foi assim, decidido espontaneamente. Eles tinham um projeto interessante e lá fui eu.

Grata surpresa

A Polônia foi uma grande surpresa. Conheci muita gente jovem, inteligente, amigáveis e ambiciosas. A maior diferença que eu percebi foi o fato de que já cedo, durante a faculdade, os jovens daqui já tem um contato íntimo com as maiores empresas do mundo. As oportunidades estão bem ali ao alcance de quem quer pegar.

Hoje estudo na Warsaw School of Economics, e é comum pra mim entrar no campus e conversar com o head de HR da Amazon na Europa. Conversar com o pessoal da Microsoft, EY, Delloite, Microstrategy, Google… é comum. Só a sensação de possibilidade de um dia trabalhar nessas empresas já é uma motivação. Algo que eu não tive em Campo Grande-MS e que só existe em São Paulo, Rio e outras capitais brasileiras.

Isso realmente me fez pensar. Voltei pro Brasil, arrumei um bom emprego e juntei dinheiro. Vim pra Polônia, capital Varsóvia para estudar big data (em inglês). A decisão não foi fácil, tive muitas dúvidas e muito medo. Mas foi a melhor decisão que tomei.

Hoje estou concluindo meu mestrado em Big Data – advanced analytics, trabalho em uma das maiores empresas de retail analytics do mundo e tenho uma qualidade de vida excelente.

Sobre morar na Polônia

Varsóvia é uma cidade relativamente pequena para os padrões brasileiros, 1.7 milhões de habitantes não é muita coisa para a capital do país. Porquê estou dizendo isso? Porque hoje eu vivo em uma cidade que tem absolutamente tudo que uma capital europeia tem, mas ainda é uma cidade que não é gigante como São Paulo. Moro a 3 quadras do meu trabalho e chego lá a pé em 15 minutos. A faculdade chego em 20 minutos com ônibus e metrô. Cruzar a cidade é fácil, leva uns 35 minutos no metrô.

É frio? É, mas isso aí é Europa, não tem muito a dizer.

A economia aqui está super aquecida, uma das menores taxas de desemprego do mundo. Conseguir um trabalho aqui não é difícil. A Polônia é um país barato, aqui a moeda ainda é o zloty. (A Polônia ainda não adotou o Euro e espero que nunca o faça). Os preços aqui são muito baratos, você vai ao mercado e enche o carro e paga 150zl.

Varsóvia também tem um rio que cruza a cidade ao meio, o Vístula, durante o verão o programa é ir até o rio com os amigos e curtir o dia. Aliás, no verão o sol está no céu até as 21h. Ou seja, dá pra curtir o dia até “a noite”.

O idioma deles, o polonês, é bem difícil. Mas tem muita gente que se vira por aqui só com o inglês. Em torno de 40% dos jovens poloneses falam inglês, então não é difícil encontrar ajuda aqui e ali. Decidindo morar aqui você também pode fazer umas aulas pra aprender.


Está querendo ir embora do Brasil?
Enfim, se você está pensando em estudar ou trabalhar fora, pode ter certeza que a Polônia é um bom destino. Principalmente se você não tiver aquela grana dos pais para pagar os custos dos estudos. Aqui você consegue um emprego e se vira bem.

Pesquise sobre a Polônia! Tem muita coisa que deixei de fora e acredito que você vai se surpreender com a história do país.

 

Para saber mais sobre essa Polônia, entre no site oficial do destino.

Leia Também
Comente com o Facebook
Deixe seu Comentário