TeamLab, um museu imersivo que mexe com os sentidos

20 de outubro de 2021
Travelpedia

Por Roberto Maia

O Mori Building Digital Art Museum – TeamLab Borderless, inaugurado em 2018, na ilha artificial de Odaiba, na Baía de Tóquio, no Japão, é o primeiro museu do mundo a ser completamente digital e imersivo. O sucesso foi imediato entre moradores da cidade, turistas e celebridades. São mais de 50 instalações altamente tecnológicas em seus 10 mil metros quadrados de área. A exposição Borderless (sem fronteiras, em português) reúne instalações que variam de acordo com a estação do ano

O TeamLab é um coletivo de artistas que contam com a colaboração de arquitetos, engenheiros, programadores, matemáticos, designers, iluminadores, animadores e especialistas em computação gráfica para dar formas às obras de arte.

Museu mais visitado do mundo em 2019, o TeamLab Borderless recebeu 2,3 milhões de visitantes. Foto: note-thanun/Unsplash

Totalmente diferente de qualquer outro museu existente no mundo, apenas durante o primeiro ano de funcionamento recebeu cerca de 2,3 milhões de visitantes de 160 países e regiões. O número é expressivo, principalmente quando comparado ao de importantes museus internacionais no mesmo período: Museu Picasso (Barcelona, Espanha) – 948 mil visitantes; Museu-Teatro Dalí (Figueres, Espanha) – 1,1 milhão de visitantes; e o Museu Van Gogh (Amsterdã, Holanda) – 2,1 milhões de visitantes.

Três anos se passaram desde a abertura e o interesse continua intenso, o que fica evidente nas longas filas de espera do lado de fora do museu. Com instalações de arte “instagramáveis” que também são interativas, inaugurou uma nova era de visualização da arte.

No TeamLab Borderless as obras de arte interativas mexem com os sentidos e as emoções. Foto: Takatoshikun/Pixabay

O TeamLab Borderless surpreende logo de cara e a cada uma das suas instalações. A arte digital, as luzes e a música transformam o lugar em um grande mundo sem fronteiras. E tudo fica diferente a cada olhar. Cada visita sempre será uma experiência única. Os visitantes interagem com as obras de arte e as deixam em constante movimento dentro dos espaços dedicados a elas: paredes, tetos e pisos. Há também um aplicativo que permite interferir ainda mais nas obras de arte.

Entre as instalações do TeamLab Borderless existem cinco áreas temática que atraem ainda mais o interesse dos visitantes. São elas:

Mundo Sem Fronteiras – Um verdadeiro mundo de cristais, espelhos e luzes. Tudo está em constante movimento e interagindo com os visitantes. Como o próprio nome sugere, a fusão dos mundos não tem limites e uma grande e imersiva obra de arte é criada.

Em Mundo Sem Fronteiras as luzes, cristais e espelhos deixam tudo em constante movimento. Foto: Roberto Maia/Travelpedia

Floresta de Atletismo – Espaço com luzes tridimensionais que convida os visitantes a pular, escalar, afundar, deslizar, rolar pelo chão e até cruzar barras suspensas no ar.

Parque do Futuro – Os visitantes criam a arte de acordo com a criatividade de cada um. Desenhos feitos pelos visitantes são projetados no ambiente. As crianças têm muitas opções, inclusive uma cama elástica, mas os adultos também se divertem.

Floresta das Lâmpadas – Simplesmente incrível! Incontáveis lâmpadas coloridas refletem nas paredes e no chão de acordo com o movimento de cada um, formando um cenário mágico. É uma das obras mais populares da exposição e a visita é limitada por grupos de pessoas durante dois minutos. Ao longo do dia formam-se longas filas, por isso, os melhores horários são no início da manhã ou no final do horário de funcionamento.

Na instalação Floresta de Lâmpadas as luzes mudam de cor e brilho de acordo com os movimentos. Foto: Pixabay

EN Tea House – Os visitantes podem pedir uma grande variedade de chás no local. E tudo começa quando sua xícara se enche de chá. Flores brilhantes aparecem na superfície, desabrochando em um universo infinito. Uma obra de arte aparece quando há chá na xícara. Quando acaba o líquido, ela desaparece junto com ele. Há, também, sorvete de chá verde, que quando é colocado na mesa, uma árvore cresce a partir dele. Conforme o pote do sorvete é movimentado, a árvore murcha e cresce novamente em um novo lugar. Borboletas nascem da árvore do chá, se movem e voam através da obra de arte. E tudo acontece em tempo real através de um sofisticado programa de computador. Cada movimento é único e nunca se repetirá.

No EN Tea House os visitantes vêm obras de arte surgirem dentro da xícara de chá. Foto: reprodução/en-tea-house.teamlab.art

Horário de funcionamento: diariamente das 10h às 19h; sábados, domingos e feriados das 10h às 21h. O TeamLab fecha na segunda e na quarta terça-feira de cada mês.

VEJA também NO LPM!

Especial lugares pelo mundo

Especial Viagem de Motorhome

O Conteúdo Especial para esse mês é um apanhado de matérias relativas às repletas comemorações nacionais importantes que ocorrem durante todo o mês de Maio. Como o Dia das Mãs, Dia da Mulher, Separamos algumas matérias que podem te inspirar sobre os assuntos!

Não perca nenhuma noVidade

pt Português
X