Ma Chaves
Ma Chaves

Centre Pompidou reabre pós-pandemia em Paris

24 de julho de 2020
Eu Vivo

A reabertura do Museu Centre Pompidou em Paris

O Centre Pompidou está de volta! Após meses fechado devido a pandemia do coronavírus, o museu que é um dos mais visitados de Paris, reabre suas portas, trazendo uma exposição muito especial : A vida e a obra dos artistas Christo e Jeanne-Claude.

Pont Neuf em Paris embalada por Christo e Jeanne-Claude

Paris e a obra Pont Neuf “embalada”.  The Wrapped Pont Neuf.  (Foto: Eye Ubiquitous/Alamy)

A vida e a obra dos artistas Christo e Jeanne-Claude

O casal superstar da arte contemporânea, Christo e Jeanne-Claude é responsável por esse projeto da foto, o famosíssimo projeto de “empacotar” a Pont Neuf em Paris. Uma obra que demorou 10 anos desde sua idealização, até sua concepção em 1985.

O tecido dourado que foi usado para recobrir a ponte, recobria não só a Pont Neuf, mas também seus postes e suas calçadas. Assim, o público podia andar sobre ele, interagindo com a obra. Não tenho ideia como isso foi feito, só sei que esta história será contada nesta exposição no Centro Pompidou. Eu que sou curiosa,  já me interessei!

 

A exposição Christo e Jeanne-Claude em Paris

A exposição está em cartaz na reabertura do Centre Pompidou de Paris e é dividida em duas partes. A primeira, conta a trajetória dos artistas através de 80 trabalhos criados entre 1958, ano em que os 2 se conheceram em Paris, e 1964, ano em que se mudaram para viver definitivamente em Nova Iorque. Entre as obras apresentadas, estão trabalhos de estúdio desconhecidos, pinturas materialistas influenciadas pelo pintor Jean Dubuffet, as chamadas Surfaces d’Empaquetage, que são as latas e garrafas embrulhadas, além de vitrines e fachadas de lojas.

A segunda parte da exposição, é dedicada exclusivamente a historia da Pont Neuf “embalada”, e nos mostra passo a passo como esse projeto foi feito. Desde sua idealização em 1975 até sua conclusão em 1985. Entre os documentos, estão desenhos e colagens originais, maquetes, fotografias, e estudos e elementos de engenharia do projeto.  ” Será uma exposição como um tributo ” disse o diretor do Centre Pompidou, Serve Lasvignes.  Além de uma introdução ao próximo trabalho da dupla em Paris, que será em setembro de 2021.

Foto da exposição Christo e Jeanne-Claude no Centre Pompidou em Paris

Centre Pompidou e a exposição Cristo e Jeanne-Claude em Paris ( Foto: site sortiraparis.com)

Christo and Jeanne-Claude, amor e a paixão pela arte

Os dois artistas se conheceram em Paris em 1958. Christo, (esse é seu nome de batismo) chegou jovem na cidade luz fugido da Bulgária, então comunista. Já Jeanne é filha de franceses nascida no Marrocos, na época ainda colônia francesa. Os dois nasceram no mesmo dia. Ambos ganharam Paris, se conheceram, se apaixonaram e uniram seu amor pela arte.

A fama veio na década de 60, com suas instalações ditas malucas, embrulhando monumentos pelo mundo. Entre alguns, a Costa”embrulhada”em Sydney em 1968-1969, os Portões do Central Park in 2005 e A Mastaba no Hyde Park em Londres em 2016-2018.

Wrapped Cost in Sidney por Christo e Jeanne-Claude

Wrapped Cost – A obra Costa “embrulhada” em Sidney (Foto: Courtesy of Kaldor Art Public Projects

Os 7 anos que viveram em Paris, foram anos muito criativos para Christo e Jeanne Claude. Foram anos onde desenvolveram muitos projetos, mesmo que alguns não tenham saído do papel. Como por exemplo o projeto de embrulhar a Ecole Militaire de Paris em 1961, e o projeto de embrulhar a estátua de Louis XIII na Praça des Vosges no bairro do Marais.

Christo, faleceu recentemente em Maio de 2020, e seu próximo grande trabalho seria “embalar “o Arco do Triunfo em Paris. O trabalho seria executado agora em Setembro de 2020, mas devido a pandemia do Covid-19 foi adiado para 2021. Mesmo com sua morte, o projeto continua.

A Mastaba no lago do Hyde Park em Londres, obra de Christo e Jeanne-Claude

A Mastaba no lago do Hyde Park em Londres (Foto: Wolfgang Volz)

 

Christo e o Arco do Triunfo de Paris

O Arco do Triunfo”embalado” de Christo e Jeanne-Claude  é uma obra que será executada em 2021, de Setembro a Outubro. Serão 16 dias de instalação. O monumento será embrulhado em 25.000 metros de tecido de um tom azul prateado e amarrado com 7.000 metros de corda vermelha. Tecido este, felizmente reciclável, feito de polipropileno.

A colaboração foi firmada entre o artista, o Centro de Monumentos Nacionais, que cuida do Arco e o Centre Pompidou.

Christo e a idéia de embalar o Arco do Triunfo de Paris

Esse projeto de embalar o Arco do Triunfo, deu seus primeiros passos na época em que Christo alugava um quartinho perto do monumento, bem no começo de sua carreira quando chegou em Paris. Ali começaram seus esboços e em 1962 ele já tinha uma fotomontagem do Arco do Triunfo “embalado”, visto da Avenue Foch. Uma das avenidas que saem da estrela, formada pela praça/rotatória onde fica o Arco.

Nos anos 70 e 80 ele fez mais estudos e aperfeiçoou o projeto. Finalmente, 60 anos depois, em 2021, a obra será concretizada. Como Christo e sua mulher já faleceram, talvez essa será a última chance de ver uma de suas obras ao vivo.

Colagem Arco du Triunfo Paris por Christo e Jeanne-Claude

Uma colagem do projeto Arco do Triunfo em Paris  (Foto: André Grossmann)

 

Curiosidades sobre “embalar” o Arco do Triunfo de Paris

  • O curioso, é que esse trabalho foi inteiramente financiado pelo artista, sem ajuda do governo ou de outras instituições. Ele conseguiu o dinheiro com a venda de seus esboços, desenhos e colagens, e miniaturas sobre o próprio tema. Trabalhos feitos nos anos 50 e 60.
  • Em frente ao Arco do Triunfo, fica a chamada Chama Eterna, junto ao Túmulo do Soldado Desconhecido, monumento que honra os soldados mortos que lutaram pela França . A chama vai continuar acesa. Não sofrerá nenhuma alteração durante a montagem ou exibição da instalação.
  • Em uma de suas entrevistas antes de morrer, o artista disse : ” 35 anos depois que eu e Jeanne-Claude embalamos a Pont Neuf, eu estou ansioso em expor novamente em Paris e realizar nosso projeto do Arco do Triunfo”, palavras de Christo.
Obra de Christo em Miami

Obra de Christo: lona rosa embrulhou 11 ilhas na Biscayne Bay, em Miami.

 

Tudo isso, me dá mais vontade de visitar a obra dos artistas Christo e Jeanne-Claude no Centre Pompidou, porque além de aprendermos sobre a historia de suas criações, e sobre o contexto em que viveram na Paris daquela época, a expo nos prepara também para a grande instalação do Arco do Triunfo em 2021.

O Centre Pompidou fica no bairro do Marais e essa exposição fica em cartaz até 19 de outubro. Devido as regras de distanciamento social, é preciso fazer reserva e o uso de mascara é obrigatório.  Para as infos práticas visite www.centrepompidou.fr

 

Braco no rio Sena durante a montagem do empacotamento da Pont Neuf em Paris

Christo, Jeanne-Claude e sua equipe em 1985, durante a montagem da instalação na Pont Neuf em Paris. (Foto: Wolfgang Volz)

Leia Também
Comente com o Facebook
Deixe seu Comentário