Suzane Hammer
Suzane Hammer

A lenda dos trolls da Noruega

16 de julho de 2020
Eu QueroLugares Pela Europa

Um pequeno país, mas espetacularmente belo e fascinante. Com belezas
naturais, cada época do ano cria um novo cenário natural maravilhoso que
parecem pinturas extraídas de cartões postais. Além de todo esse belíssimo cenário, a Noruega também tem seu personagem misterioso e mitológico que faz parte das histórias folclóricas, contos infantis e outros um pouco mais assustadores. Vamos aqui, escrever uma breve história sobre os trolls noruegueses.

Foto: Suzane Heimmer

A verdadeira origem das historias dos trolls é difícil de definir pois a maioria das lendas nórdicas eram contadas oralmente pelos antigos habitantes. Muitos estudiosos ainda discordam de suas origens pois as histórias foram mudando a partir do momento que foram sendo escritas e registradas e contadas de geração em geração.

De acordo com o folclore escandinavo, os trolls são criaturas gigantescas e
fedorentas bem similares aos ogros. São seres sobrenaturais, não cristãos e possuem hábitos noturnos. Seus esconderijos podem ser cavernas, montanhas ou florestas. Não são criaturas bonitas, pois além de feinhos, não possuem um nível elevado de inteligência. Os trolls tem a habilidade de se tornarem invisíveis e mudarem de forma que assusta e muito os humanos.

Mas será que eles existem mesmo? Bem, sempre existem suposições e claro que com os trolls não seria diferente. Existe uma fotografia de dezembro de 1942 que seria o único registro desses seres tendo sido feita pela tripulação de uma aeronave de reconhecimento da Real Força Aérea Britânica, mais ou menos a 500 km de Bergen.

Fonte: Reprodução

Mas até hoje, nenhuma prova física como fósseis, esqueletos ou utensílios foi encontrada que comprovem a existência de tais criaturas. Em 2010 foi lançado o filme Troll Hunter (ou O Caçador de Trolls em tradução
livre) que ajudou a ressuscitar novamente as histórias e lendas dos trolls.

Essas criaturas detestam a luz do dia e se transformam em pedra quando são expostos a ela. Podem causar tempestades, terremotos e, às vezes, quando você está atravessando uma ponte, um enigma estará te esperando para poder atravessá-la.

Divididos em dois tipos: o troll da floresta e da montanha. Os que vivem nas são descritos como criaturas grandes, burras e brutais, praticamente um neandertal. Quem não se lembra deles nas cenas de Harry Potter para distrair o maléfico Voldemort ou que comiam os hobbits no jantar em Senhor dos Anéis? Assustador não é?

Foto: Suzane Hammer

Já os trolls das cavernas vivem no subsolo. São pequenos, menores que os
humanos e bem barrigudinhos com braços e pernas curtos. Se você assistiu
Frozen, deve lembrar desses pequenos seres ajudando a Rainha Elza.

Como podemos ver, esses célebres personagens além de fazer parte da
imaginação e dos contos de fadas das crianças, o mundo do cinema já os retrata ha décadas tanto como seres abomináveis como simpáticos seres em desenhos animados.

É possível encontrar placas de sinalização nas estradas, bonecos e estatuetas de diversas formas e tamanhos em lojas de artesanatos e pontos turísticos por todo país.

De fato, há muitos lugares na Noruega com o nome das criaturas, desde a
passagem da montanha Trollstigen até a famosa formação rochosa Trolltunga — palavra que pode ser traduzida como “língua de troll”— e a caverna mais extensa do país, que recebeu o nome de Trollkirka, ou “igreja dos trolls”.

Foto: Visit Norway

Também existe um parque temático dedicado às criaturas! Chamada
Hunderfossen, a atração possui brinquedos inspirados nos monstrinhos e, no final da tarde, os trolls e outros seres mitológicos das florestas surgem para entreter as crianças.

Diz a história que os Trolls se transformam em pedra à luz do sol. A Noruega é um país rochoso, com muitos penhascos e fiordes. E usando um pouco a imaginação é possível ver figuras humanas das formações rochosas com rostos desfigurados e corpos torcidos. De fato, um lugar na Noruega chamado Trold-Tindterne, ou Troll Peak, é tão irregular que, segundo a lenda, é o local onde dois exércitos de trolls travaram uma grande batalha e não percebendo, foram transformados em pedra após o sol nascer.

O belo parque nacional de Jotunheimen, considerado por muitos como a caminhada número um no mundo, é chamado de lar do gigante. Um local icônico para fotos é Kjerag Bolten. Uma pedra presa entre duas montanhas que parece que irá cair. É necessário muita coragem já que um enorme penhasco faz parte dessa paisagem tensa e emocionante. A pedra
parece uma cabeça de trolls e nos arredores é possível brincar com a
imaginação e tentar identificar outros trolls entre as rochas e penhascos.

Por causa dessas criaturas , surgiu a palavra trollagem. Trollar é uma gíria
da internet que significa zoar, chatear, tirar o sarro.

Mas independente das lendas , a Noruega é um destino mágico e incrível e
merece ser colocado em sua lista de próximas viagens.

Leia Também
Comente com o Facebook
Deixe seu Comentário